Esta é uma rede social de escritores,artistas plásticos  e músicos, para associar-se a Literarte - Associação Internacional de escritores e artistas, entrem no site www.grupoliterarte.com.br e conheça todas as vantagens em ser um associado!

 

 

Rosalvo Abreu Silva
  • Masculino
  • Salvador
  • Brasil
Compartilhar

Presentes recebidos

Presente

Rosalvo Abreu Silva ainda não recebeu nenhum presente

Dar um presente

 

Página de Rosalvo Abreu Silva

Últimas atividades

Posts no blog por Rosalvo Abreu Silva

A POESIA E A RIMA

A POESIA E A RIMA(Rosalvo Abreu) Deveria fazer os versos Imersos em lindas rimas Íntimas como converso. Mas, quando uso a língua Distingo-a e disperso, Teço as palavras arrimas, Acérrimas, e tergiverso. Ah! A vida é outra coisa, Traz em si a sua sina. Louca, livre e imprevisível, A poesia não é só rima. Assim como a vida  E suas esquinas Raras, preciosas, perfeitas, Ela tem alma feminina, E mil faces insuspeitas.Visite: www.desmelodiapoetica.comVer mais...
31 Jan
Posts no blog por Rosalvo Abreu Silva

O INCRÍVEL OBJETO DE CHAPECÓ

     Estavam as pessoas ali paralisadas, olhando através dos vidros. Era um olhar de admiração e de perguntas. Ele lá no pátio, estático. Preso pela gravidade. Tinha vários deles. Não podiam fugir da sua forma. As leis da física os escravizaram naquele tipo de ser. Sempre cilindriformes com suas asas eternamente abertas. Na sua quase totalidade eram sempre brancos. Talvez aquela cor tivesse uma razão. Minúsculos homens trabalham ao seu lado. Movimentos rápidos, decididos e treinados. Inspeções,…Ver mais...
12 Dez, 2016
Antonio Cabral Filho comentou a postagem no blog PALAVRAS de Rosalvo Abreu Silva
"Parabens Rosalvo"
25 Nov, 2016
Antonio Cabral Filho curtiu a postagem no blog PALAVRAS de Rosalvo Abreu Silva
25 Nov, 2016
Posts no blog por Rosalvo Abreu Silva

PALAVRAS

PALAVRAS(Rosalvo Abreu)Quero a palavra que liberta,Que dê asas ao meu coração.Quero a palavra que ouçaO sussurro da minha alma.Que grite a dor presa no peito,Que diga a saudadeQue não posso falar.Quero uma palavra qualquer,Útil, inútil, multi.Preciso amá-laPara que descreva o meu silêncio.Quero a palavra que me caiba,Que me proteja, que me escondaE depois me revele por inteiro.Quero a palavra nua,Quero sentir o seu cheiro.Quero que a palavra delireE encontre o meu jeito.Ver mais...
22 Nov, 2016
Valquiria Imperiano deixou um comentário para Rosalvo Abreu Silva
"Aberta as inscrições para o concurso literário de contos e poemas com publicação em Antologia a ser lançada no Salão do livro de Genebra. Também inscrições para Epor livros e…"
9 Nov, 2016
Posts no blog por Rosalvo Abreu Silva

ESPERANDO POR VOCÊ (Rosalvo Abreu)

ESPERANDO POR VOCÊ(Rosalvo Abreu)Este sangue derramadoNão me fez entenderPor que eu sintoTanto falta de você.Só verdades!Me aproximam deste cálice,Deste sangue!Que eu não gostaria de beber.Eu só queria neste instanteQue você me entendesse,Que eu sinto frioE eu preciso da sua mão...Já cansei, já canseiDas noites em vãos que passeiTentando te esquecer.Agora eu sinto frio,Eu tenho medo de te perder.Eu não entendo esta semelhança,Esta dependênciaQue criamos entre eu e você.Você tão pura,Não se…Ver mais...
3 Nov, 2016
Rosalvo Abreu Silva é agora um membro de Associação Internacional de Escritores e Artistas
30 Maio, 2016

Blog de Rosalvo Abreu Silva

A POESIA E A RIMA

Postado em 31 janeiro 2017 às 11:00 0 Comentários

A POESIA E A RIMA

(Rosalvo Abreu)



Deveria fazer os versos

Imersos em lindas rimas

Íntimas como converso.

Mas, quando uso a língua

Distingo-a e disperso,

Teço as palavras arrimas,

Acérrimas, e tergiverso.

Ah! A vida é outra coisa,

Traz em si a sua sina.

Louca, livre e imprevisível,

A poesia…

Continuar

O INCRÍVEL OBJETO DE CHAPECÓ

Postado em 12 dezembro 2016 às 14:05 0 Comentários





     Estavam as pessoas ali paralisadas, olhando através dos vidros. Era um olhar de admiração e de perguntas. Ele lá no pátio, estático. Preso pela gravidade. Tinha vários deles. Não podiam fugir da sua forma. As leis da física os escravizaram naquele tipo de ser. Sempre cilindriformes com suas asas eternamente abertas. Na sua quase totalidade eram sempre brancos. Talvez aquela cor tivesse uma razão. Minúsculos homens trabalham ao seu lado. Movimentos rápidos, decididos e…

Continuar

PALAVRAS

Postado em 22 novembro 2016 às 22:04 1 Comentar

PALAVRAS

(Rosalvo Abreu)

Quero a palavra que liberta,

Que dê asas ao meu coração.

Quero a palavra que ouça

O sussurro da minha alma.

Que grite a dor presa no peito,

Que diga a saudade

Que não posso falar.

Quero uma palavra qualquer,

Útil, inútil, multi.

Preciso amá-la

Para que descreva o meu silêncio.

Quero a…

Continuar

ESPERANDO POR VOCÊ (Rosalvo Abreu)

Postado em 3 novembro 2016 às 10:11 0 Comentários

ESPERANDO POR VOCÊ

(Rosalvo Abreu)

Este sangue derramado

Não me fez entender

Por que eu sinto

Tanto falta de você.

Só verdades!

Me aproximam deste cálice,

Deste sangue!

Que eu não gostaria de beber.

Eu só queria neste instante

Que você me entendesse,

Que eu sinto frio

E eu preciso da sua mão...

Já cansei, já cansei

Das noites em vãos que passei

Tentando te esquecer.

Agora…

Continuar

Caixa de Recados (1 comentário)

Você precisa ser um membro de Associação Internacional de Escritores e Artistas para adicionar comentários!

Entrar em Associação Internacional de Escritores e Artistas

Às 0:22 em 9 novembro 2016, Valquiria Imperiano disse...

Aberta as inscrições para o concurso literário de contos e poemas com publicação em Antologia a ser lançada no Salão do livro de Genebra. Também inscrições para Epor livros e sessão de autógrafos no Salao do livro em Genebra - abril/2017- informações por email: imperianov@gmail.com

 
 
 

© 2017   Criado por Izabelle Valladares.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço