Esta é uma rede social de escritores,artistas plásticos  e músicos, para associar-se a Literarte - Associação Internacional de escritores e artistas, entrem no site www.grupoliterarte.com.br e conheça todas as vantagens em ser um associado!

 

 

outubro 2012 Posts no Blog (136)

Carimbo

Carimbo

luizcarloslemefranco

Carimbo, instrumento gráfico,

endossa assinatura.

Cachimbo, aparelho sáfico,

merece uma censura.

Carimbo. Carimbó,

dança artística,

Carimbo. Catimbó

ritual ateístico.

Carimbo. Curimba,

um peixe apreciado.

Carimbo. Coringa,

oficial especializado.

Carimbo. Cacimbo,

buraco desleixado.

Carimbo. Catimbo,

fico engraçado.

Carimbo. Tarimbo,

tenho esperteza…

Continuar

Adicionado por luiz carlos leme franco em 31 outubro 2012 às 21:58 — Sem comentários

Participem da 4ª Antologia poética da ALAF - Academia de Letras e Artes de Fortaleza

A ALAF convida a todos para a participação na 4ª Antologia Poética, que será produzida em parceria com a Literarte, terá seu lançamento no dia 27 de janeiro ás 18:00 hrs na livraria Nobel do Shopping Aldeota. A capa do livro será da artista plástica Janes Barwinski,…

Continuar

Adicionado por Izadora Pontes em 31 outubro 2012 às 13:00 — Sem comentários

Esta semana a associada Arlete Trentini completa 1 ano na Literarte:

''Arlete Trentini dos Santos nasceu em terras catarinenses, filha de José Honório Trentini e Amália Giotti Trentini, e é casada com o poeta Julio Cesar Bridon, desde 1969. Mãe de quatro filhos e até o momento avó de cinco netos.

Na vida digo que sou aprendiz de tudo. De cozinheira, bordadeira, enfermeira e…

Continuar

Adicionado por Izadora Pontes em 31 outubro 2012 às 12:24 — 4 Comentários

Preciso de ti

 …

Continuar

Adicionado por José João da Cruz Filho em 31 outubro 2012 às 0:20 — Sem comentários

eu vivo

Eu vivo

luizcarloslemefranco

Eu
vivo
bem,
Mml
morto.

Eu
vivo
bem
mal,

Adicionado por luiz carlos leme franco em 30 outubro 2012 às 22:45 — Sem comentários

O verbo

O verbo é de carne e osso. Respira , adormece com a lua e desperta com o sol. Se empolga com as ondas do mar e se perfuma com o aroma das sereias. Vem de algum lugar , sobrevivente do rancor e ganância de outros verbos. Dorme , se balançando em uma rede de linho sedoso. O verbo canta , se alegra e chora. Se arrepende e se orgulha , mas não de si , pois seu orgulho não é mais forte que sua serenidade. Não macula verbetes nem maltrata a esperança. Não é insano , mas arde em…

Continuar

Adicionado por Júnior Borsoi em 30 outubro 2012 às 20:54 — Sem comentários

Voe

Voe livre amor ,

para o encontro das

almas que o querem

ao amanhecer.

Voe alto amor, para a

presença dos que querem

amar vendo a tarde chegar.

Voe longe amor , para os que

nascem para tê-lo , vendo a

noite chegar.

Voe como quiser amor , para

 o amanhecer de uma bela

 tarde  , que antecede uma

noite suave e torne-se eterno

por todo o dia.

   *…

Continuar

Adicionado por Júnior Borsoi em 30 outubro 2012 às 20:30 — Sem comentários

O BRASIL VIROU O INFERNO DAS DROGAS

O BRASIL VIROU O INFERNO DAS DROGAS

 

“Por mais insignificante, valoriza o teu trabalho. Nenhuma obra nasce acabada. Se valorizes o teu esforço, serás valorizado por ele. Toda tarefa no bem é importante e indispensável.” (Irmão José).

 

A palavra bem-estar consiste em cada um empregar o seu tempo como lhe apraza e não na execução de trabalhos pelos quais nenhum gosto sente. As bem-aventuranças com que o Mestre preambulou o Sermão da Montanha…

Continuar

Adicionado por ANTONIO PAIVA RODRIGUES em 30 outubro 2012 às 17:20 — 1 Comentário

Sabor in-natura

Estavas  de  mim  tão  perto

E  eu  te  esnobei  por  amar  outro  alguém,

No  constante  ir  e  vir  a  vida  me  detém

E  me  faz  entender  que  teu  amor  é  concreto.

 

A  orfandade  deixou-te  em  degredo,

Na  flor  dos  anos  caminhavas  tão  só,

De  ti  eu  apenas  me  condoia,  tinha  dó

E  não  penetrei  profundo  em  teus  segredos.

 

Eis  que  o  tempo  de  tudo  é  senhor

E  na  embalagem  das  horas …

Continuar

Adicionado por Ivan de Oliveira Melo em 30 outubro 2012 às 11:49 — Sem comentários

Labirinto de Amor

Melhor  seria  não  te  haver  conhecido,

Assim  o  amor  não  faria  de  mim  chacota,

Meu  sentimento  é  algo  que  a  ti  não  importa

E  só  me  resta  chorar  a  solidão  do  meu  abrigo.

 

Em  meu  regaço  não  há  saudade  para  eu  sonhar...

Há  um  redemoinho  que  me  faz  rodopiar  no  oceano...

Mesmo  com  as  águas  turvas  da  maré  te  amo

Embora  em  teu  coração  não  haja  lugar  para  eu …

Continuar

Adicionado por Ivan de Oliveira Melo em 30 outubro 2012 às 11:48 — Sem comentários

CARÍCIA EMOTIVA

Bela arte, da cara amiga Safira...

Adicionado por Antonio Cícero da Silva(Águia) em 30 outubro 2012 às 0:12 — Sem comentários

O que estas lendo no dia do livro

Compartilhe sua leitura e sua impressão, vamos nos informar

Estou Terminando um livro excelente do Roth - a Tacha ( não sei a tradução em português, o autor é americano mas eu li uma tradução em francês) vale pena.

Adicionado por Valquiria Imperiano em 29 outubro 2012 às 23:40 — 1 Comentário

Mais além...

Sem  dúvida  um  dia  compreenderás

Por  que  eu  te  amo  tanto,

Dos  meus  olhos  enxugarás  o  pranto

Que  me  levará  à  morada  dos  ancestrais.

 

Amo-te  no  silêncio  que  me  desnuda

O  véu  de  um  sentimento  incolor,

És  a  beleza  que  consome  meu  amor

E  meu  ego  ébrio  não  te  desfruta...

 

A  morte  anda  a  espreitar-me  os  passos

E  me  imagino  no  carinho  do  teu  abraço

A …

Continuar

Adicionado por Ivan de Oliveira Melo em 29 outubro 2012 às 21:00 — Sem comentários

Racismo

Meu  juízo  condena  qualquer  tipo  de  discriminação...

 

A  espécie  humana  é  rica,  pois  é  multicor...

Quem  disso  não  se  apercebe,  tem  o  coração  isento  de  amor.

 

Etnias  distintas  são  fruto  do  cruzamento  das  raças,

Não  é  a  cor  da  pele  que  adorna  os  ossos  da  carcaça

Que  determina  o  conteúdo  inerente  ao  caráter...

 

O  sangue  é  o  mesmo  que  percorre  artérias  e  veias,

Os …

Continuar

Adicionado por Ivan de Oliveira Melo em 29 outubro 2012 às 20:59 — Sem comentários

FIM DA IMUNIDADE E DA IMPUNIDADE

FIM DA IMUNIDADE E DA IMPUNIDADE

 

O valor das coisas não está no tempo em que duram, mas na intensidade com que acontecem. Por isso existem momentos inesquecíveis, coisas inexplicáveis e pessoas incomparáveis”.(Autor desconhecido).

 

Política é a arte de administrar a sociedade de forma justa. Uma questão que deve ser revista e analisada com carinho e propriedade, é que não se pode confundir visão política com…

Continuar

Adicionado por ANTONIO PAIVA RODRIGUES em 29 outubro 2012 às 18:03 — Sem comentários

Laços Afetivos

Pareço  melodramático  à  usina  dos  teus  sentimentos?

 

Talvez?  Será  que  não  sou  o  palhaço  que  do  circo  se  perdeu?

...  ou  melhor  ainda:  o  bailarino  que  dança  em  busca  do  amor  teu?

 

É  possível  que  eu  não  seja  nada  do  que  consta  em  tua  lista...

Comparo-me  ao  homem  que  desafia  a  morte  como  o  trapezista

Que  mesmo  sem  rede  enfrenta  obstáculos  para  mostrar  sua  arte...

 

Para …

Continuar

Adicionado por Ivan de Oliveira Melo em 29 outubro 2012 às 13:33 — Sem comentários

O escritor Edivanio Leite completa 1 ano como associado na Literarte:



 

Jose Edivanio Leite, bacharel em Direito, escritor, advogado e articulista jurídico, nasceu na cidade de Farias Brito, no Ceará em 11 de junho de 1971. Mudou-se para São Paulo…

Continuar

Adicionado por Izadora Pontes em 29 outubro 2012 às 12:15 — 4 Comentários

Novidades do Livro "Elas Pintam, Elas Pensam!"

O Livro "Elas Pintam, Elas Pensam! Foi convidado para estar em versão inglesa no Salão do Livro de Genebra e estará glorioso, no acervo principal da Biblioteca de Londres, iremos reeditá-lo e a tradução do mesmo ficará por conta de nossa conselheira Betty Silberstein.

As autoras deverão entrar em contato com Dyandreia Portugal, para saber os detalhes, e quem perdeu a oportunidade de participar do primeiro livro, poderá ter a chance de participar desta segunda…

Continuar

Adicionado por Izabelle Valladares em 29 outubro 2012 às 10:23 — Sem comentários

No vício dos "...ece"

Lentamente  amanhece...

O  tempo  imperdoável  me  enfraquece,

Mergulho  num  oceano  de  preces,

Mas  a  fugitiva  esperança  me  esquece...

 

De  repente  entardece...

Um  vento  gélido  me  enlouquece,

Diante  do  meu  sorriso  a  vida  desaparece

E  num  santuário  de  areia  o  corpo  adormece...

 

Na  augusta  paisagem  que  a  natureza  tece

Já  não  vejo  a  luz  do  sol  que  aquece,

Pois  a  noite …

Continuar

Adicionado por Ivan de Oliveira Melo em 28 outubro 2012 às 22:38 — Sem comentários

Você se foi... Tu chegaste!

Esperei  tanto  por  ti,

Tantas  vezes  disse:  “te  amo”,

Chorei  tua  ausência,  desfiz  planos

E  ainda  hoje  zombas  de  mim...

 

Meus  olhos  atônitos  ficavam  quando  te  viam

E  meu  coração  disparava  alucinado,

Um  arrepio  era  o  sinal  desesperado

Dos  desejos  sequiosos  de  ter-te  que  me  consumiam...

 

Naveguei  pelos  braços  de  uma  esperança  sem  retorno

E  me  senti  só  a  enxugar-me  as …

Continuar

Adicionado por Ivan de Oliveira Melo em 28 outubro 2012 às 22:37 — Sem comentários

Arquivos mensais

2018

2017

2016

2015

2014

2013

2012

2011

2010

2009

1999

© 2018   Criado por Izabelle Valladares.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço