Esta é uma rede social de escritores,artistas plásticos  e músicos, para associar-se a Literarte - Associação Internacional de escritores e artistas, entrem no site www.grupoliterarte.com.br e conheça todas as vantagens em ser um associado!

 

 

dezembro 2013 Posts no Blog (141)

_ Mamãe Saiu...

Adicionado por Luiz Elisiario em 31 dezembro 2013 às 22:09 — Sem comentários

DESEJO A TODOS UM FELIZ ANO NOVO!!!

Adicionado por Jô Mendonça Alcoforado em 31 dezembro 2013 às 17:37 — Sem comentários

Que venha 2014!!!!!!!!!

Poesia, poesia... Viva a poesia!

Que se ascendam às luzes da sublimidade, e corra entre nós o rio majestoso do amor numa dimensão universal, espetacular...

Que venha radiante 2014!!

Cheio de esperança, paz, e muita sabedoria.

Brilhando no céu, por entre fogos de artifícios, e bilhões de estrelas altaneiras.

Levando a raça humana a refletir as suas debilidades, corrigir seus erros, abraçar seus desafetos, e amar intensamente.

Adicionado por Alessandro Borges em 31 dezembro 2013 às 16:18 — Sem comentários

A escritora Flávia Assaife receberá o Premio Literarte 2014

Flavia Assaife

Autora dos livros de poesias, contos e crônicas “Ouço a Voz do Coração através de um Mergulho Interior”, “Sussurros da Alma”;  “Os Viajantes da Lua” “Segredos do Coração” e dos infantis “A Princesa Júlia e o Guerreiro Artur” e “O Sapo Lelé que queria aprender a ver as Horas”.

Possui participações em mais de 65 Antologias…

Continuar

Adicionado por Literarte em 30 dezembro 2013 às 22:55 — Sem comentários

O Escritor Fergi Cavalca será homenageado no Prêmio Literarte 2014

Fergi Cavalca é o pseudônimo de Fernando Gimeno.

Nasceu em Vassouras à 30 de março de 1947. Seu pai era jornalista assinando seus artigos em “O Correio de Vassouras” na década de 50; por isso, ainda pequeno Fergi  já  perambulava pelas oficinas do jornal manifestando enorme curiosidade e interesse pelas linotipos e as grandes máquinas rotativas de impressão.

Durante…

Continuar

Adicionado por Literarte em 30 dezembro 2013 às 22:32 — Sem comentários

A linda estória de Bob e Tcharles

A linda estória de Bob e…

Continuar

Adicionado por Clev Seixas em 30 dezembro 2013 às 22:08 — Sem comentários

VOTE CERTO!!!

VOTE CERTO!!!

 …

Continuar

Adicionado por Arnaldo Leodegário Pereira em 30 dezembro 2013 às 15:43 — Sem comentários

As flores...

Nascem virgens entrelaçadas ao verde ramo.

Bebem as seivas das noites dardejantes

E pela manhã desabrocham bocejando...

Cheias de perfumes e cores marcantes.

 

As flores lembram-me a esperança...

O lindo recanto da vida

Teu olhar ainda guardado na lembrança...

A saudade tão doce e enaltecida.

 

Eu juro! As flore não morrem.

Pelo menos as minhas.

Cata-ventos? Voam, correm...

Mas as sementes nascem…

Continuar

Adicionado por Alessandro Borges em 30 dezembro 2013 às 14:52 — Sem comentários

Feliz 2014!

Adicionado por Elabora Textos em 30 dezembro 2013 às 14:45 — Sem comentários

SE EU NÃO FOSSE BRASILEIRO EU SERIA NEUROCIENTISTA(?!)

                               SE EU NÃO FOSSE BRASILEIRO EU SERIA NEUROCIENTISTA(?!)

                        Pronto, “pirou!”

                        O que uma coisa tem a ver com outra?

                        Existem várias razões para bater nessa tecla repetidas vezes e para um bom entendedor, vírgula é...

                        A primeira coisa em destaque é a cultura do povo: futebol!

                        O segundo agravante em…

Continuar

Adicionado por JEREMIAS FRANCISCO TORRES em 30 dezembro 2013 às 13:22 — Sem comentários

Temperamento Esdrúxulo

Meu  temperamento  é  meio  gigolô,

Recebe  ofensas  e  violência:  fica  calado!

Até  parece  político,  sabido  deputado

Que  esvazia  sacos  e  não  tem  cor.

 

Óbolo  não  recruta,  diz  estar  bem,

Apesar  das  evidências,  coloca-se  vítima

Do  torneio  de  palavras  que  o  crucifica

E  quando  busco  respostas,  não  as  tem.

 

Oportunista,  escora-se  em  meu  trabalho,

Vive  a  induzir-me  a  desvendar …

Continuar

Adicionado por Ivan de Oliveira Melo em 30 dezembro 2013 às 11:34 — Sem comentários

Caos Sertanejo

Eu  sou  peão,  tenho  as  mãos  calejadas

De  tanto  labutar  na  roça,  na  enxada

Não  para  ter  fartura,  mas  para  sobreviver...

 

Quatro  e  meia  da  manhã  o  galo  canta

E  muita  gente  que  nem  teve  janta

Com  a  barriga  vazia  chora  no  amanhecer...

 

Realidade  que  oprime  o  homem  do  campo

Que,  sem  água,  não  cultiva  seu  sustento

E  deixa  a  família  à  míngua,  morrer  ao …

Continuar

Adicionado por Ivan de Oliveira Melo em 30 dezembro 2013 às 11:33 — Sem comentários

Fuxico

Quem  convive  com  dilemas

Sabe  onde  o  sapato  aperta...

Meus  pés  feridos,  sempre  alerta

Contra  as  peripécias  desses  sistemas!

 

Até  sandálias  me  deixam  calos,

Imaginem-se  as  marcas  das  alpercatas...

Meus  dedos  evitam  meias  de  burocratas

Porque  são  eles  que  torcem  meus  talos!

 

É  assim...  Sempre  legislam  contra  o  povo

E  em  suas  mãos  tudo  novo,  novo...

A  massa  que …

Continuar

Adicionado por Ivan de Oliveira Melo em 30 dezembro 2013 às 11:32 — Sem comentários

INÉRCIA

Tranco a casa,

fecho as cortinas,

os olhos...

privo-me da luz,

de ruídos,

quero estar só,

contigo...

Tua voz,

distante,

me faz companhia,

tua presença

é a luz

que só eu vejo...

e…

Continuar

Adicionado por Suely Ribella em 30 dezembro 2013 às 8:00 — Sem comentários

O Escritor e Poeta Barão Elvandro Burity será um dos homenageados de honra no Prêmio Literarte 2014

Elvandro de Azevedo Burity (Rio de Janeiro26 de setembro de 1940) é um escritor e poeta brasileiro.

Nasceu no bairro de Quintino Bocaiúva, subúrbio do Rio de Janeiro. Residiu na…

Continuar

Adicionado por Literarte em 29 dezembro 2013 às 22:55 — Sem comentários

PITONES

PITONES

 

         Los de Cuellar, en Segovia,  tienen por groseros y licenciosos a los mozos de Iscar, en Valladolid; y para decir de uno que es para poco y holgazán, dicen: “Es de tierra de Cuellar”. Que esto se cumplió en extremo en unas fiestas patronales, y en la plaza de Iscar, cuando el toro va tras alguno y mis ojos se fijaron en una hermosa joven casi idéntica a Gloria Grahame, a quien recuerdo y adoro,  quien después de tener tres maridos divorciados…

Continuar

Adicionado por Daniel de Cullá em 29 dezembro 2013 às 18:49 — Sem comentários

Literarte e Editora Mágico de Oz unidas estarão divulgando seus livros em Feiras, escolas e em vendas diretas.

Caros associados da Literarte, em 2014 a Literarte e a Mágico de Oz irão unir forças para tornar a divulgação de seus livros ativas no Brasil e em Portugal de forma direta.

Estamos contratando vendedores em várias cidades que irão vender os livros de Porta em Porta e em diversas Feiras Escolares, este será o nosso principal foco e grande missão da Literarte em 2014.

A Distribuição em Portugal estará com a Mágico de Oz e no Brasil com a Literarte.

Estaremos promovendo…

Continuar

Adicionado por Izabelle Valladares em 29 dezembro 2013 às 18:30 — 5 Comentários

Milton Nascimento será homenageado no Prêmio Literarte 2014

Juntamente com o Secretário de Cultura  de Ouro Preto e com outras autoridades culturais como o Presidente e o Vice-presidente da Academia Ouropretana de Letras e Artes e com a cobertura do Jornal "O Liberal" um dos jornais mais lidos e expressivos da Região conhecida como Estrada Real, a Literarte estará homenageando diversos nomes que se destacaram no ano com seus trabalhos literários e artísticos.

Um dos grandes nomes e admiradores da arte Barroca conhecido internacionalmente é o…

Continuar

Adicionado por Izabelle Valladares em 29 dezembro 2013 às 18:30 — Sem comentários

Sucesso

Não  amarrote  o  silêncio,

Desértica  é  a  dúvida

Que  baila  esdrúxula

Num  barulho  intenso.

 

Não  exorcize  a  calmaria,

Pensamento  é  vestiário

Onde  os  ideais  primários

Despertam  à  luz  do  dia.

 

Do  silêncio,  as  fortunas...

As  medalhas  inoportunas

Têm  mensagens  nevoentas...

 

Aquartela-se  o  tranqüilo,

Zoada  e  mentira  sem  abrigo,

Verdades  não  se …

Continuar

Adicionado por Ivan de Oliveira Melo em 29 dezembro 2013 às 13:58 — Sem comentários

Cara e Coroa

Não  atire  jamais  a  primeira  pedra,

Intenso  remorso  pairará  sobre  seu  ventre,

Vingança  é  caminho  tempestuoso  que  se  sente

E,  em  si,  fomenta-se  uma  angústia  que  não  cessa.

 

Não  permita  que  suas  mãos  ensaiem  justiça,

A  peçonha  é  letal  e  não  há  antídoto,

A  amargura  o  fará  desvendar-se  tão  raquítico

Que  os  ventos  tornar-se-ão  adversativos  de  preguiça.

 

Não  se  compactua  com …

Continuar

Adicionado por Ivan de Oliveira Melo em 28 dezembro 2013 às 22:55 — Sem comentários

Arquivos mensais

2018

2017

2016

2015

2014

2013

2012

2011

2010

2009

1999

© 2018   Criado por Izabelle Valladares.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço