Esta é uma rede social de escritores,artistas plásticos  e músicos, para associar-se a Literarte - Associação Internacional de escritores e artistas, entrem no site www.grupoliterarte.com.br e conheça todas as vantagens em ser um associado!

 

 

No dia 29 de junho de 1985, nascia na cidade de Rio Claro, interior paulista, Eber Josué Dias de Oliveira, o segundo dos quatro filhos de Rute Dias de Oliveira e Aparecido Joaquim de Oliveira.

Desde a infância sempre foi incentivado pelos pais e amigos a se dedicar à leitura e, em consequência, surge o gosto pela escrita desde cedo.

Em 2003 publica seu primeiro poema, A tristeza do poeta, na coletânea A Forja da Liberdade (Ed Arnaldo Giraldo).

Aos vinte anos resolve seguir a carreira das armas e parte para Três Corações, pacata cidade do sul de Minas Gerais, onde ingressa na Escola de Sargentos das Armas do Exército Brasileiro. Ao término do período escolar é promovido à graduação de Terceiro Sargento de Artilharia, optando por iniciar sua carreira em Brasília, capital federal. Ali serviu no 32º Grupo de Artilharia de Campanha, bem como no Núcleo de Preparação de Oficiais da Reserva sediado naquele Grupo.

No ano de 2009, após solicitação pessoal, é transferido para a 1ª Brigada de Artilharia Antiaérea, sediada na cidade do Guarujá, litoral paulista, onde inicia a faculdade de Letras e reacende uma antiga idéia de publicar um livro solo. Foi ali, no paradisíaco local conhecido como Forte dos Andradas, com a presença de grandes amigos da época do Ensino Médio que serviram de inspiração para a trama, que seu primeiro romance, Se não houvesse montanhas, foi lançado no ano de 2010.

Ainda em 2010 recebeu o troféu Pérolas da Literatura, por ter um Conto classificado em concurso literário de nível nacional promovido pela prefeitura do município de Guarujá.

Ao final do ano de 2011, após nova solicitação, foi transferido para o 9º Grupo de Artilharia de Campanha, sediado na cidade de Nioaque, interior do Mato Grosso do Sul.

Em março de 2012 foi agraciado com a publicação de seu poema Hóspede na coletânea Esquecidos dos dias mortais do destino, organizada pela prefeitura da cidade de Condeixa, Portugal, como prêmio pela classificação em concurso literário de nível internacional (países lusófonos).

Mesmo com a rotina profissional naturalmente agitada, além das andanças que o aperfeiçoamento da carreira requer, Eber Josué não abre mão de duas coisas: sempre que possível retornar à sua cidade natal, Rio Claro-SP, onde mantêm, como raízes, seus mais profundos vínculos afetivos; e dedicar um tempo especial à escrita.

Atualmente, entre a atribuição de acompanhar a divulgação do seu livro Um olhar pela janela, além de publicar seus últimos escritos na internet através de seus blogs, tudo isso equilibrado às atividades, viagens, cursos e estágios inerentes à profissão militar, participa dos seguintes projetos, entre outros:

- antologia 'Nossa História, Nossos Autores', organizado pela editora Scortecci; e

- antologia "50 Melhores Histórias Infantis", organizado pela editora Literarte.

 

Exibições: 132

Comentar

Você precisa ser um membro de Associação Internacional de Escritores e Artistas para adicionar comentários!

Entrar em Associação Internacional de Escritores e Artistas

Comentário de IZABELLA PAVESI em 28 agosto 2012 às 22:30

Prazer em conhecê-lo!... seja bem vindo!

© 2018   Criado por Izabelle Valladares.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço