Esta é uma rede social de escritores,artistas plásticos  e músicos, para associar-se a Literarte - Associação Internacional de escritores e artistas, entrem no site www.grupoliterarte.com.br e conheça todas as vantagens em ser um associado!

 

 

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas e atividades ao ar livre
Sua voz, soa em meus ouvidos como uma revoada de pássaros. Meu coração dispara , meu rosto formoseia. todo meu corpo desperta do sono e tremo no prazer das suas palavras.
Um suor com perfume de lavanda expiro. Entro em devaneios só com o seu olhar. 
Meu doce apaixonado homem, educado e puro, quase um menino. 
Chego ao auge do prazer, quando escuto te amo com sua voz incompressível de um sotaque pouco familiar, subo nas nuvens e entro em transe. 
Estou enfeitiçada de amor. Vou correr no seu tempo e abraçar o seu corpo, como o vento abraça as flores na primavera.
Quero me desfazer da solidão que me consome, sem dó, me conduz no colo da malvada saudade. 
Preciso encontrar as minhas asas, estão perdidas, nos sonhos da paixão. Voarei na quentura do fogo e te buscarei para o meu deleite.
Sei que me espera, com o coração cheio de amor, eu me entrego como a lua se dá a noite, lançando luzes estonteantes, aos olhares atônitos das estrelas.
Na minha tenebrosa solidão, te chamo e me socorre com carinhos e atenção. Te ache,i perdido na desilusão da vida, estava ali, reservado, para mim. 
O destino me sacolejou, como um terremoto chacoalha a terra. Da escuridão eu saí e te encontrei em um lindo raiar de sol.
Me entreguei, sem medos e me aventurei nas loucuras delirantes do seu amor emergente.
Sem ressalvas te amei, sem receios me dei, estou feliz! Viajei tão alto e distante a vida me compensou, me deu de presente você.
Só quero te ver, com olhos de verdade, te tocar, com meu tato despudorado, te sentir, com olfato embriagado e te beijar, com minha boca molhada de paixão. 
Te amo homem menino, grande na sabedoria e pequeno na candura, forte na convicção e fraco diante da distancia que fere a minha alma.
Te espero de dia e de noite, te quero sem pudor. Vou te amar como nunca foi amado, vou te devorar como uma fera faminta consome sua deliciosa presa. Te quero para sempre. Venha logo, te espero sedenta de amor. Ansiosa estou, meu amor perfeito, homem dos meus sonho que sonhei para mim... Jádi Ramalho 

Exibições: 6

Comentar

Você precisa ser um membro de Associação Internacional de Escritores e Artistas para adicionar comentários!

Entrar em Associação Internacional de Escritores e Artistas

Comentário de Antonio Cabral Filho em 27 julho 2017 às 20:14

Jádi, bela prosa poética !

© 2017   Criado por Izabelle Valladares.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço