Esta é uma rede social de escritores,artistas plásticos  e músicos, para associar-se a Literarte - Associação Internacional de escritores e artistas, entrem no site www.grupoliterarte.com.br e conheça todas as vantagens em ser um associado!

 

 

                                 

          O que semeamos germina

 

Pequenino planeta azul, brilhante

Na imensidão do Universo grandioso

É apenas um pontinho luminoso

 

O seu nome foi batizado de Terra

A sua essência é um seio de bondade

Em suas águas reflete a felicidade

 

Lua, sol, estrelas, enfeitam seu céu

A brisa suave a envolve como um manto

O pôr-do-sol é magia, é encanto

 

Única no Universo

Onde há um ser diferente

Chamado de “homem”, de inteligente.

 

Insetos, aves e outros animais;

Entoam cantos de alegria por estarem vivos

Fazem parte da natureza, inofensivos.

 

Ç – letra que se escreve coração

Palavra que traduz: amor, felicidade

Mas que, também, pode ser destruição.

 

Agora o ser humano acordou.

Percebeu que sua enorme mão

Mata, polui, massacra esse chão

 

O homem semeia para o amanhã

As sementes, onde as leis da natureza,

Serão para ele e para os seus:

“As próprias leis de Deus”.

 

Publicada no Imparcial em 03/05/06

 

 

 

 

 

 

 

Exibições: 19

Comentar

Você precisa ser um membro de Associação Internacional de Escritores e Artistas para adicionar comentários!

Entrar em Associação Internacional de Escritores e Artistas

© 2017   Criado por Izabelle Valladares.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço